O mapa mundial da vacinação contra a covid

Nandini Jammi deixa Sleeping Giants e lança serviço de checagem de anúncios

Nandini Jammi disse em um post do Medium que foi deixada de lado por Matt Rivitz, que se desculpou mas não convenceu.

Foto: reprodução

A cofundadora do Sleeping Giants, Nandini Jammi, anunciou em um post no Medium esta semana que deixará a organização de ativismo publicitário – responsável por pressionar mais de 4.000 empresas a retirar dólares de publicidade do Breitbart News e ajudar a lançar o recente boicote #StopHateforProfit contra o Facebook.

Estava claro que, embora eu estivesse fazendo o mesmo nível de trabalho que Matt, ele não me considerava igual.

Nandini Jammi

No post, Jammi alega que o cofundador do Sleeping Giants, Matt Rivitz, que se posicionou como o fundador da organização, negou o crédito pelo papel que ela exerceu desde os primeiros dias do movimento em 2016, se recusando a reconhecer contribuições de Jammi.

Ele me disse que eu poderia escolher qualquer título que não fosse o de cofundadora, porque ele era o fundador. Concordamos com o título “founding organizer“.

Nandini Jammi

Shading

No post, Nandini revela prints de conversas e um e-mail enviado a Rivitz em 2018 falando sobre os convites para entrevistas e sobre o papel de cada um no Sleeping Giants. “Quando Matt e eu saímos em julho de 2018 na primeira página da seção Business do New York Times, acreditei que fôssemos parceiros equivalentes“, diz Nandini em um trecho do post.

Você é uma pé no saco… eu não te devo nada

Matt Rivitz

Foi através das aparições subseqüentes de Matt na mídia que eu percebi que ele me considerava uma parte opcional da história. Nas semanas posteriores à revelação das nossas identidades, ele se posicionou como fundador e passou a dar entrevistas para o Pod Save America, para Kara Swisher e para o AdWeek. No AdWeek, acabei sendo retratada como ‘um dos indivíduos que o ajuda a administrar as contas‘”, desabafa Nandini.

Carta aberta

Rivitz respondeu na sexta-feira (10) com uma carta aberta no Twitter, reconhecendo publicamente o papel de Jammi como cofundadora e se desculpando pela maneira como lidou com a parte pública da organização nos últimos dois anos.

claramente merece muito mais crédito do que ela recebeu por seu trabalho inovador com Sleeping Giants e gostaria de me desculpar com ela e com qualquer pessoa que possa ter se sentido assim durante o curso desta campanha como voluntários ou como seguidores“, ele escreveu.

Jammi não comentou publicamente o pedido de desculpas de Rivitz, que recebeu uma reação mista no Twitter. Mais tarde, porém, ela publicou um print de tela de uma postagem de blog que escreveu em 2019 chamada “Como escrever seu próximo pedido de desculpas pelas mídias sociais“.

Não custa nada abrir espaço para mim. Não custa nada me copiar nos e-mails. Não custa nada capacitar outras pessoas a atingir seus objetivos.

Nandini Jammi

Check My Ads

O Check My Ads, novo serviço de Nandini Jammi e Claire Atkin, é vendido como um treinamento em segurança de marca que capacita outros profissionais de marketing a manter marcas e anúncios longe de sites de fakenews, desinformação ou que disseminem discursos de ódio.

A desculpa de que é assim que funciona é usada com menos frequência após vários anos de campanha. Foram necessários profissionais de marketing para responsabilizar o mundo do marketing.

Nandini Jammi
Perfil de Nandini Jammi no Check My Ads. Reprodução.

Fundamos o Check My Ads em resposta ao problema mais difundido no setor de publicidade: os profissionais de marketing estão no escuro sobre onde seus anúncios acabam online – e esses anúncios acabam inevitavelmente em lugares ruins na web“, diz o site do serviço.

Claire Atkin, a nova sócia

De acordo com o perfil no Check My Ads, Claire é especialista em marketing, com especialização em mídia e política. Ela assessorou agências governamentais e clientes do setor privado.

Um lembrete de que o termo “cultura do cancelamento” foi inventado para reclamar de que estuprar pessoas agora tem consequências.

Claire Atkin

Receba Vida Indigital por e-mail 1x por semana